Despertar difícil? A Microsoft fez um alarme que o obriga a acordar

Diga um trava-línguas, tire uma selfie, vá à caça da cor certa. O Mimicker só desliga o alarme quando completar o desafio

A Microsoft tem uma nova aplicação para quem tem problemas a acordar com os alarmes convencionais. O Mimicker Alarm começa por tocar normalmente, mas quando se tenta desligá-lo ele obriga o utilizador a completar um desafio: pode ser fazer uma careta, tirar uma fotografia de um objeto de uma cor que a aplicação escolha, ou dizer um trava-línguas. Mas por baixo das brincadeiras, o Mimicker é uma forma de a Microsoft mostrar aquilo de que as suas inteligências artificiais são capazes.

Quando o alarme toca e o utilizador desliga o alarme, tem 30 segundos para completar um de três desafios: tirar uma selfie em que imita uma emoção escolhida aleatoriamente pela aplicação, dizer o trava-línguas que lhe é proposto, ou tirar uma fotografia a algo que seja da cor apresentada no ecrã. Após 30 segundos, a aplicação decide que o utilizador deve ter adormecido e o alarme volta a tocar.

O Mimicker, disponível por agora apenas para Android, é uma demonstração das capacidades que são desenvolvidas no Project Oxford, a sua divisão dedicada à inteligência artificial. O telefone tem que distinguir uma cara feliz de uma triste, perceber perfeitamente a fala do utilizador para saber se o trava-línguas foi bem dito, e distinguir facilmente as cores numa fotografia com diferentes níveis de luz e de qualidade de imagem. "No Mimicker mostramos vários dos softwares desenvolvidos para o Project Oxford", escreveu Allison Light, uma das coordenadoras do projeto, no anúncio do lançamento da aplicação.

"Como todo o código que usamos é aberto, achámos que uma aplicação de alarme seria fácil para outros developers lerem o código e perceberem como usámos os softwares", afirmou Light, que disse que a parte mais desafiante do projeto foi ajustar a dificuldade dos desafios. "Como podemos tornar os jogos difíceis o suficiente para ajudar a acordar mas não demasiado difíceis para serem exequíveis?" Para ultrapassar esse obstáculo, toda a equipa que desenvolvia a aplicação começou a usar o alarme diariamente, para irem ajustando a dificuldade à realidade.

O Project Oxford também esteve por trás de outros projetos da Microsoft, como o site capaz de adivinhar a idade de uma pessoa a partir de uma fotografia, o How-Old.net.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG