Descobertas as maiores pegadas de dinossauro em todo o mundo

Cientistas encontraram 150 pegadas de 21 espécies de dinossauro

Numa descoberta sem precedentes, foram encontradas 150 pegadas de 21 espécies de dinossauro, alguns deles os maiores já registados, numa zona no noroeste da Austrália, anunciou hoje a Universidade de Queensland.

Os cientistas estimam que as pegadas têm entre 90 e 115 milhões de anos e até agora nunca tinha sido encontrado um conjunto tão variado de espécies.

"Entre as pegadas está a única prova confirmada de um estegossauro na Austrália. Além disso, há algumas que pertenciam aos maiores dinossauros já registados", afirmou o biólogo e geólogo Steve Salisbury, indicando que há pegadas com 1,7 metros de largura.

As impressões dos dinossauros foram encontradas numa zona rochosa que tem entre 127 e 140 milhões de anos, em Walmadany, que tem milhares de pegadas.

Foi o povo aborígene Gollarabooloo que contactou os cientistas para investigarem a zona, depois de ser anunciado que na zona ia ser construída uma instalação de processamento de gás natural.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG