Descoberta receita de Newton para a pedra filosofal

Um documento manuscrito com quase 400 anos esteve décadas numa coleção privada.

Escrito à mão por Isaac Newton, este documento tem a receita para fazer a pedra filosofal. Esteve durante décadas numa coleção privada e foi adquirido em fevereiro pela The Chemical Heritage Foundation, que está a digitalizar cada uma das páginas e e transcrever o texto.

Escrito em latim e em inglês, este manuscrito apresentado como a receita de Newton para fazer a pedra filosofal é, na verdade, uma cópia da receita de um alquimista George Stakey (que escrevia sob o pseudónimo Eirenaeus Philalethes), feita antes mesmo de este a ter publicado em 1678. Mostra, por isso, o interesse daquele que é apontado como o pai da física em assuntos de alquimia, tida como uma antecessora da química, uma subciência. O objetivo maior da alquimia era conseguir a tal pedra filosofal, uma pedra com a capacidade de transformar metais em ouro.

O manuscrito descreve a forma de fazer "sophick mercury", ou seja mercúrio (filo)sófico, uma substância que, considerava-se, poderia ser usada para quebrar metais nas partes constituintes, explicou James Voelekel, curador de livros raros da The Chemical Heritage Foundation. Este processo seria fundamental para a criação da pedra filosofal.

O manuscrito inclui diversas anotações nas costas da receita.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG