Degrau de Hillary desapareceu do topo do Monte Evereste

Formação rochosa terá sucumbido após terramoto de 2015

Os alpinistas confirmam: o degrau de Hillary desapareceu do topo do Monte Evereste. A formação rochosa terá sucumbido ao forte terramoto que atingiu o Nepal em 2015.

Já havia suspeitas de que aquela rocha pudesse ter desaparecido. Há um ano, a Fundação American Himalayan havia publicado duas imagens daquela zona, cuja comparação sugeria o colapso daquela rocha. situada no cume sudeste da montanha e que era o último grande desafio antes de atingir o topo da montanha mais alta do mundo.

Agora, o alpinista britânico Tim Mosedale confirma as suspeitas. "É oficial. O degrau de Hillary não existe mais", escreveu no Facebook depois de ter chegado ao topo do Evereste a 16 de maio.

Aquela formação rochosa fora escalada pela primeira vez em 1953 por Edmund Hillary.

O terremoto no Nepal, que matou nove mil pessoas e destruiu 500 mil habitações.

Exclusivos