Buscas terminaram em Lamego. Vestígios encontrados apontam para 8 mortos

Seguem-se as perícias médico-legais

As buscas pelos restos mortais das vítimas das explosões numa fábrica de pirotecnia em Avões, Lamego, foram hoje encerradas, após terem sido encontrados mais vestígios biológicos que podem apontar para a confirmação de oito mortos.

O Comandante Operacional Distrital de Viseu, Miguel David, explicou aos jornalistas que foram hoje encontrados mais vestígios biológicos, mas que apenas a perícia legal confirmará se pertencem aos dois desparecidos na explosão de terça-feira, elevando o número de vítimas mortais para oito, uma vez que já estavam confirmados seis mortos.

A mesma fonte adiantou que os meios da Proteção Civil vão ser retirados do local ainda hoje, finalizando-se assim o período de buscas, ficando a zona a ser guardada pela GNR, para evitar a destruição de alguns vestígios que ainda restem.

As autoridades suspeitam que oito pessoas tenham morrido na sequência destas explosões, no maior incidente registado em fábricas de pirotecnia em Portugal.

Vinte e três pessoas morreram nos últimos 12 anos no país em acidentes neste tipo de indústria.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG