Bloco de partos da Maternidade Alfredo da Costa fechado até às 9.00 de terça-feira

Uma situação "imprevista" com um dos médicos da equipa da MAC obriga o encerramento da maternidade. Só o bloco de partos sai afetado, segundo informação no site do SNS.

O bloco de partos da Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, vai estar encerrado a utentes do exterior até às 9.00 de terça-feira, devido a uma situação imprevista, informou o Centro Hospitalar Lisboa Central.

O bloco de partos foi encerrado às 15.30 desta segunda-feira "devido a uma indisponibilidade imprevista" de um dos médicos da equipa, confirmou à agencia Lusa fonte do gabinete de comunicação do Centro Hospitalar Lisboa Central.

O encerramento vai manter-se até às 9.00 de terça-feira, mas de acordo com a mesma fonte, "apenas para as grávidas que cheguem do exterior", mantendo-se a assistência àquelas que se encontram internadas ou estão a ser seguidas nas urgências.

De acordo com a página da Internet do Serviço Nacional de Saúde (SNS), este imprevisto está a afetar apenas o bloco de partos, mantendo-se em funcionamento o Serviço de Urgência Obstétrica/Ginecológica da MAC.

A informação disponibilizada na mesma página indica ainda que o bloco de partos voltará a estar encerrado na quinta-feira, entre as 20.00 e a as 00.00.

Questionado pela Lusa, o gabinete de comunicação esclareceu que "neste caso trata-se de uma falha na escala para a qual o hospital está a tentar encontrar uma solução", admitindo que até essa data "possa estar colmatada" e não se verifique o encerramento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG