Até no Monopólio se passa a pagar com cartão

Um minimultibanco vai controlar todas as transações e até haverá novidades nos cartões da sorte

Sinal dos tempos. Na mais recente versão do popular jogo do Monopólio não haverá dinheiro vivo. Tal como na vida real onde a tecnologia está cada vez mais a diminuir a necessidade de se andar com notas ou moedas, no jogo as transações monetárias serão todas eletrónicas.

O Monopoly Ultimate Banking conta com uma espécie de minimultibanco que controlará todos os movimentos monetários do jogo. Cada jogador terá um cartão que permitirá gerir o dinheiro que tem, mas a pequena máquina terá ainda os dados das propriedades que se vai adquirindo e também dos cartões das sorte.

Segundo o site Gizmodo, esta não é a primeira vez que o Monopólio, da Hasbro Gaming?, tenta uma versão mais tecnológica de forma a eliminar o dinheiro vivo. Numa versão anterior já foi feita a experiência de se utilizar uma unidade bancária eletrónica, mas o processo revelou-se muito lento, com os jogadores a serem obrigados a colocar manualmente os valores num teclado limitado.

A versão mais recente terá mais novidades, escreve o Gizmodo, nomeadamente nos cartões da sorte. Agora, haverá os cartões de "acontecimentos da vida" que poderão fazer com os valores a pagar a outros jogadores possam variar ou então poderão permitir que a situação financeira se altere. Todos estes pormenores serão sempre controlados pelo minimultibanco.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG