ASAE apreende 16 mil "spinners" por falta de requisitos de segurança

Valor total da apreensão ascende aos 45 mil euros

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 16.000 brinquedos "spinners", muito populares entre as crianças, por falta de requisitos de segurança.

Em comunicado, este organismo informou que a apreensão ocorreu durante uma operação de fiscalização, a nível nacional, na área de segurança de brinquedos, direcionada para os "spinners", um dispositivo com três pontas, cujo objetivo é girar.

Como resultado da ação de fiscalização - que incidiu ao longo de todo o circuito comercial -- foram fiscalizados mais de 60 operadores económicos e efetuadas apreensões de cerca de 16.000 brinquedos.

Foram ainda instaurados 23 processos de contraordenação, por falta de marcação CE, ou por marcação fraudulenta, e por falta de aviso de contraindicação para crianças menores de três anos, "por se tratar de brinquedos que têm peças facilmente destacáveis e serem perigosos para crianças com idade inferior".

Segundo a ASAE, "o valor total da apreensão ascende a mais de 45 mil euros".

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras