Altice confirma partilha "por lapso" de dados pessoais de profissionais de saúde

A Altice confirmou este sábado que uma colaboradora enviou "por lapso" um 'e-mail' com dados pessoais de profissionais de saúde e adiantou a abertura de um processo interno para apurar responsabilidades e diligências para notificar Comissão de Proteção de Dados.

"A Altice Portugal confirma que uma colaboradora, no envio de um 'e-mail' de rotina aos profissionais de saúde, anexou por lapso um ficheiro que continha dados pessoais desses mesmos profissionais", disse fonte oficial da empresa, em resposta à agência Lusa.

"A empresa abriu de imediato um processo interno com vista à proteção dos dados pessoais e apuramento de responsabilidades", acrescentou a mesma fonte, que dá também conta de terem já sido iniciadas "diligências" com vista a notificar a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

Em causa está a notícia avançada hoje por vários órgãos de comunicação de que a Altice tinha partilhado por engano, na sexta-feira, um 'e-mail' com dados pessoais, como nome, nacionalidade, naturalidade e número de identificação fiscal, de 1.906 profissionais de saúde da linha de apoio SNS24.

A Altice é a operadora responsável pela exploração da Linha SNS24, cujos profissionais de saúde incluem médicos, dentistas, psicólogos e enfermeiros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG