Adolescente transmitiu em direto o próprio suicídio nas redes sociais

Nakia Venant enforcou-se na casa de banho enquanto a família de acolhimento dormia. É o segundo caso em semanas nos EUA

Nakia Venant, uma adolescente norte-americana de 14 anos, transmitiu em direto o próprio suicídio através do Facebook. Nakia, que vivia em Miami Gardens, Florida, EUA, com uma família de acolhimento, enforcou-se na casa de banho mas deixou o telemóvel a gravar o suicídio, com o Facebook Live a transmitir em direto para quem quisesse assistir, conta o Miami Herald. O vídeo terá durado cerca de duas horas.

Segundo o jornal, os serviços de proteção de menores locais estão já a investigar a morte da adolescente, que ocorreu na noite de domingo para segunda-feira, enquanto a família de acolhimento dormia.

Uma das amigas de Nakia viu o vídeo e, apercebendo-se do que estava a acontecer, chamou a polícia. No entanto, não foi capaz de dar a morada correta da adolescente; quando os serviços de emergência chegaram ao local, já não foi possível reanimá-la.

Amigos de Nakia garantiram ao Miami Herald que a jovem usava com frequência a ferramenta do Facebook que permite transmitir vídeos em direto.

Trata-se do segundo caso de suicídio transmitido ao vivo, nos EUA, em poucas semanas. No final de dezembro de 2016, Katelyn Nicole Davis, uma rapariga de 12 anos do estado da Georgia, cometeu suicídio num vídeo de 40 minutos transmitido em direto na internet.

Nos últimos dois meses, houve outras duas tentativas de suicídio, em França e Tailândia, transmitidas através de aplicações de vídeo na Internet, mas foram interrompidas porque a polícia foi alertada.

Exclusivos