"Acredito mesmo que a felicidade é diretamente proporcional à nossa atitude"

O famoso questionário Proust respondido pelo ilusionista Luís de Matos

A sua virtude preferida?
Ainda ando à procura... talvez a primeira que encontrar... ;)

A qualidade que mais aprecia num homem?
Solidariedade plena, com os próximos, com os distantes e com o planeta.

A qualidade que mais aprecia numa mulher?
Solidariedade plena, com os próximos, com os distantes e com o planeta.

O que aprecia mais nos seus amigos?
A lealdade.

O seu principal defeito?
A teimosia.

A sua ocupação preferida?
Fazer o que quero, como e quando quero.

Qual é a sua ideia de "felicidade perfeita"?
Aquela que se encontra por colocarmos o que nos acontece em perspetiva. Acredito mesmo que a felicidade é diretamente proporcional à nossa atitude, na medida que que podemos ser felizes ou infelizes consoante as comparações que escolhermos fazer.

Um desgosto?
Uma qualquer "ideia", das que considero geniais, que podia ter sido minha mas que não tive capacidade de a ter antes.

O que é que gostaria de ser?
A melhor versão daquilo que estiver ao meu alcance ser.

Em que país gostaria de viver?
Gosto de viver em Portugal, mas sempre gostei muito de Inglaterra.

A cor preferida?
Todas juntas... preto!

A flor de que gosta?
A Strelitzia reginae, ou, nome vulgar, Ave do Paraíso.

O pássaro que prefere?
Pombas brancas. Aquelas que normalmente vivem na parte secreta do fundo das cartolas.

O autor preferido em prosa?
Richard Wiseman.

Poetas preferidos?
Pedro Abrunhosa.



O seu herói da ficção?
Homem-Aranha.

Heroínas favoritas na ficção?
Lara Croft e Anjos de Charlie.

Os heróis da vida real?
António Arnaut, Steve Jobs e Barack Obama.

As heroínas históricas?
Muitas mulheres mudaram e continuam diariamente a mudar o mundo de forma heróica. Escolho simbolicamente Marie Curie por todo o pioneirismo do seu trabalho, singularidade do seu reconhecimento e perenidade das transformações de que foi responsável.

Os pintores preferidos?
José de Guimarães e Salvador Dali.

Compositores preferidos?
Pedro Abrunhosa.

Os seus nomes preferidos?
Ermelinda, Emídio, Vanessa, Luísa.

O que detesta acima de tudo?
Ingratidão.

A personagem histórica que mais despreza?
O desprezo por ele é de tal ordem elevado que não me apetece pronunciar o seu nome, direi apenas que foi responsável por dizimar mais de 12 milhões de pessoas durante o Holocausto.

O feito militar que mais admira?
Naturalmente, o 25 de Abril de 1974. Depois dessa data só mesmo o extraordinário e inspirador trabalho do Vice-Almirante Gouveia e Melo na vacinação contra a Covid-19.

O dom da natureza que gostaria de ter?
Talvez voar, para ver o mundo de outros ângulos.

Como gostaria de morrer?
Feliz, idoso de corpo e jovem de pensar e, idealmente, quando eu quiser.

Estado de espírito atual?
Sempre positivo! Ontem, hoje e, espero, amanhã!

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?
Os que se assumem.

A sua divisa?
Ambição, humildade e generosidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG