Wengorovius Meneses faltou à cerimónia em que foi substituído

Secretário de Estado do Desporto que saiu em rutura com o ministro da Educação não esteve na tomada de posse do novo governante, João Paulo Rebelo

João Wengorovius Meneses faltou à cerimónia em que foi substituído por João Paulo Rebelo como secretário de Estado da Juventude e do Desporto.

A cerimónia decorreu na Sala das Bicas do Palácio de Belém e incluiu também as tomadas de posse do embaixador Luís Filipe Castro Mendes como ministro da Cultura (substituindo João Soares) e de Miguel Honrado (substituindo Isabel Botelho Leal).

Quando Miguel Honrado tomou posse, ouviram-se aplausos na sala contígua àquela em que decorreu a cerimónia, reservada a convidados. O primeiro-ministro, ao entrar na Sala das Bicas, dirigiu-se diretamente a João Soares para lhe dar um abraço. Depois da posse, o Presidente da República também cumprimentou o agora ex-ministro da Cultura mas sem trocarem uma palavra.

João Soares demitiu-se devido à intensa polémica causada por um post no Facebook, onde prometeu duas "salutares bofetadas" a dois colunistas do Público, Augusto M. Seabra e Vasco Pulido Valente. A sua demissão implicou também a renúncia e substituição da sua secretária de Estado da Cultura.

Wengorovius Meneses, por seu lado, aproveitou para consumar o seu afastamento do Ministério da Educação, em rutura com o ministro, Tiago Brandão Rodrigues, com o qual disse, também no Facebook, estar em "profundo desacordo".

A cerimónia de tomada de posse dos novos governantes demorou menos de cinco minutos, entre as 15.30 e as 15.35, mas meia hora depois ainda decorria a sessão de cumprimentos, vulgo beija-mão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG