Vitorino Silva protesta por não ter declaração em direto

Vitorino Silva protesta por a reação ao seu sexto lugar não ter passado em direto nas televisões

"Entrevistaram os líderes dos partidos políticos e há um candidato às eleições que não passa na televisão", disse ao DN Vitorino Silva naquela que afirma ser a última declaração à comunicação social no âmbito destas eleições.

Vai enviar um comunicado à agência noticiosa Lusa a dar conta da sua "indignação" pela forma "discriminatórias" como foi tratado na campanha e que se manteve na noite eleitoral.

Vitorino Silva, que surgiu em 4.º lugar nos primeiros resultados nacionais, quis esperar pelo máximo de votos contados para reagir à sua votação. Disse ao longo da noite que tinha esperança nas votações das grandes cidades, em especial a do Porto. Acabaria por se fixar no 6.º lugar como anunciavam as projeções.

Reagiu já perto das 22:00, quando o presidente eleito, Marcelo Rebelo de Sousa, se preparava para falar e já todos os candidatos tinham reagido. Entretanto, os media viraram os microfones para outros atores políticos.

Exclusivos