Vitorino Silva chegou a ser o quinto mais votado

Com 91% das freguesias apuradas, o candidato independente conhecido como "Tino de Rans" tinha mais votos do que o candidato do PCP

Com 92% dos votos contados, Vitorino Silva, ou "Tino de Rans", como é conhecido, esteve à frente de Edgar Silva, o candidato do Partido Comunista Português. Desceria mais tarde para o 6.º lugar ao ser ultrapassado por Edgar Silva.

"Isto é um sonho ou está mesmo a acontecer?", dissera o candidato ao DN, a reagir aos primeiros resultados nacionais passavam dez minutos das 20.00. Com 92% das freguesias apuradas, Vitorino Silva era o 5.º candidato mais votado das eleições presidenciais, com 3,70% dos votos. Mais tarde, com 96% dos votos contados, o candidato descia para a 6.ª posição, com 3,52%.

Na sua freguesia natal de Rans, Vitorino Silva teve mais de 60% dos votos. O candidato conseguiu 616 votos, enquanto Marcelo Rebelo de Sousa obteve 276 votos e Sampaio da Nóvoa 70 votos.

A freguesia de Rans tinha 1.536 eleitores inscritos, tendo votado 1.021, o que dá uma percentagem de 66,47% de votantes.

Mais de 9,7 milhões de eleitores foram hoje chamados a escolher o novo Presidente da República, que irá substituir Cavaco Silva, sendo dez os candidatos, o que constitui um recorde de nomes no boletim de voto.

Com Lusa

Exclusivos