PSD envia todos os deputados em campanha pelo país

Luís Montenegro diz que maioria de esquerda está com "tiques de totalitarismo" na questão dos colégios privados. Passos participa em road show de deputados pelo país

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, anunciou esta manhã que o PSD vai enviar todos os seus 89 deputados nos próximos dias em mais de 60 visitas a empresas, unidades de saúde, hospitais e várias outras entidades, para dar a conhecer "as mais de 222 propostas que o grupo apresentou no âmbito do Programa Nacional de Reformas".

A ação, explica Montenegro, foi concertada com a direção nacional do partido e com as estruturas locais do PSD. Este road show começa já amanhã e o próprio presidente do partido, Pedro Passos Coelho, irá participar nestas iniciativas.

Todos os círculos eleitorais serão visitados e o objetivo do PSD é promover "um ciclo de crescimento efetivo, sustentado e duradouro". No rol de locais a visitar, explica Montenegro, estão "empresas, instituições do terceiro setor, unidades de saúde, tribunais e tudo aquilo que são entidades das áreas que o governo definiu como prioritárias no Programa Nacional de Reformas.

Logo após as votações em plenário, o líder parlamentar social-democrata falou ainda da rejeição por parte da esquerda do pedido de um estudo ao Conselho Nacional de Educação para "aferir a estrutura de custos do ensino público e do ensino particular e cooperativo com contratos de associação". Este veto da esquerda ao estudo solicitado pelo PSD, afirma Montenegro, revela "tiques de totalitarismo a propósito do escrutínio de decisões do governo".

Luís Montenegro considerou ainda "escandaloso" que uma maioria que apregoa a pluralidade e os valores democráticos haja com um "poder absoluto", que considera "escandaloso".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG