Portugal continental com concentrações muito elevadas de pólenes

Boletim visa ajudar a quem sofre de alergias a agir preventivamente

Concentrações muito elevadas no ar de pólenes de carvalhos e oliveira são esperadas nos próximos sete dias em Portugal continental, segundo o Boletim Polínico divulgado esta quinta-feira pela Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC).

De acordo com o Boletim Polínico, preveem-se para a semana de 18 a 24 de maio concentrações muito elevadas de pólen no ar em todo o continente, nomeadamente de carvalhos, oliveira e das ervas gramíneas, parietária, tanchagem, urtiga e quenopódio, este último nas regiões do Alentejo e Algarve.

Nos arquipélagos dos Açores e da Madeira são esperados níveis baixos de pólen, com destaque para os pólenes do pinheiro e das ervas gramíneas, parietária e urtiga e de bétula, refere o boletim semanal da SPAIC, que visa informar a população sobre as concentrações polínicas no ar em todo o país, para permitir a quem sofre de alergias agir preventivamente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG