PCP exige "todos os esclarecimentos" sobre contratação de Lacerda Machado

João Oliveira justifica pedido de esclarecimento com defesa do interesse público nos negócios do Estado

O PCP defendeu esta sexta-feira, na sessão de encerramento das suas jornadas parlamentares, em Bragança, que "o governo deve dar todos os esclarecimentos" sobre a contratação Diogo Lacerda Machado para mediador das negociações em nome do executivo de António Costa.

João Oliveira, líder da bancada comunista, frisou que o importante é que não se perca de vista "o que é central", ou seja, a defesa do "interesse público", em particular "nas intervenções do governo nos negócios do Estado".

Recorde-se que o primeiro-ministro, António Costa, assumiu, que Lacerda Machado, seu amigo e secretário de Estado da Justiça no governo de António Guterres, o representou informalmente em várias negociações em curso, como na TAP, no caso dos lesados do papel comercial do Grupo Espírito Santo e também no BPI, nas reuniões entre Isabel dos Santos e o banco catalão Caixabank.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG