PAN confiante na eleição de 2 deputados à Assembleia Regional

O Partido Pessoas, Animais e Natureza (PAN) acredita em ter uma presença forte na Assembleia Legislativa dos Açores.

O porta-voz do PAN manifestou-se esta quinta-feira confiante que o partido terá uma presença forte na Assembleia Legislativa Regional dos Açores, apesar de ser só a segunda vez que concorre e da dificuldade em arranjar candidatos.

"Nestas regionais de 2016 [a 16 de outubro], acreditamos perfeitamente que conseguiremos eleger dois deputados, um por São Miguel e outro pela compensação [que junta os votos que não permitiram eleger deputados nos círculos de ilha]", afirmou Pedro Neves, também cabeça de lista do PAN pelo círculo de São Miguel.

Pedro Neves falava após a entrega no Tribunal Judicial de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, da lista de candidatos do PAN por este círculo, acrescentando que as dos restantes círculos serão entregues ainda esta tarde (com exceção das dos candidatos pela compensação).

Neste sufrágio, o círculo de São Miguel vai eleger 20 deputados para a Assembleia Legislativa dos Açores, mais um do que em 2012.

O PAN, que concorreu pela primeira vez às eleições regionais naquele ano e apenas por São Miguel, apresenta agora listas por todos os círculos, apesar de Pedro Neves reconhecer que "não foi fácil arranjar candidatos".

"Aqui em São Miguel não foi difícil, mas nas outras ilhas tivemos alguma dificuldade", reconheceu.

Segundo o responsável, não está em causa o apoio - que "é incondicional" - ao projeto do PAN, mas antes o receio de "mostrarem a cara", até porque o programa eleitoral do PAN é "diferente e toca em assuntos de que outros partidos não falam".

Pedro Neves revelou que as listas do PAN são compostas em igual percentagem por homens e mulheres. Os candidatos "têm idades entre os 21 e os 82 anos e a maioria tem formação superior".

Nos Açores, onde o PS governa há 20 anos, há nove círculos eleitorais, coincidentes com cada uma das ilhas, e um círculo regional de compensação.

Nas últimas eleições regionais, o PS elegeu 31 dos 57 lugares na Assembleia Legislativa dos Açores, enquanto o PSD, o maior partido na oposição, conquistou 20 mandatos. O CDS tem três deputados no parlamento regional, enquanto BE, PCP e PPM conseguiram um mandato cada.

Exclusivos