Mulher detida por alegado tráfico de espécies protegidas

A Polícia Judiciária deteve em flagrante delito uma mulher que transportava mais de sessenta ovos de uma espécie de papagaios, proveniente do Brasil, anunciou hoje a PJ.

Detida por alegado tráfico de espécies protegidas, a mulher tinham em sua posse ovos de papagaios "gradydidascalus brachyurus", designados como papagaios de cauda curta, e cujo custo poderá ultrapassar 60.000 euros, acrescenta um comunicado desta polícia de investigação criminal.

Esta espécie de aves está inscrita na Convenção CITES, a Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção, também conhecida como Convenção de Washington ou CITES.

A Lusa tentou obter mais pormenores, o que não foi possível até ao momento.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG