Morreu a criança baleada pelo pai em Ermesinde

Na quinta-feira um homem baleou uma mulher com cerca de 40 anos e o filho de ambos, com cinco anos. A mulher morreu logo nesse dia no Hospital de S. João, no Porto.

A criança que quinta-feira à noite foi baleada alegadamente pelo pai, em Ermesinde, Valongo, morreu hoje no Hospital S. João, no Porto, confirmou à agência Lusa fonte hospitalar.

Cerca das 22:00 de quinta-feira, na Avenida Calouste Gulbenkian, em Ermesinde, no concelho de Valongo, um homem baleou uma mulher com cerca de 40 anos e o filho de ambos, com cinco anos.

A mulher acabou por falecer já no Hospital de S. João, no Porto, a mesma unidade na qual desde o dia do acidente o filho de ambos estava internado, tendo morrido hoje.

Fonte da PSP do Porto disse na sexta-feira à agência Lusa que elementos da Divisão de Investigação Criminal (DIC) detiveram o suspeito cerca das 03:45, na Rua José Maria Batista Valente, em São Mamede Infesta, no concelho de Matosinhos, distrito do Porto, no interior de uma viatura, não tendo oferecido resistência.

Segundo a PSP, o detido foi depois entregue à Polícia Judiciária.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG