Mesquita de Lisboa foi alvo de vandalismo

Esta manhã, o número 1143 foi grafitado na porta principal.

A Mesquita Central de Lisboa foi esta manhã alvo de vandalismo. O número 1143 foi grafitado na porta principal e numa das paredes laterais da mesquita. As autoridades já estiveram no local.

Na homilia de sexta-feira, o dia da oração semanal em congregação para os muçulmanos, o SheikDavid Munir, imã de Lisboa, chamou a atenção para o vandalismo. O imã apelou aos presentes que, quando fossem confrontados com esse tipo de situação, contactassem as autoridades, sem tentarem agir por si próprios.

O número 1143 está conotado com um grupo neonazi, que já foi liderado pelo skinhead Mário Machado.

Neste momento, o grafiti já foi apagado da porta principal da Mesquita de Lisboa. A situação no local está calma. Dois polícias estão presentes, mas garantiram ao DN que é uma presença normal à sexta-feira, quando há uma maior afluência de pessoas à mesquita para a oração semanal, não havendo, portanto, nenhum dispositivo especial.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.