Marcelo condecora antigas primeiras damas pelo "papel nacional e internacional assumido"

Maria José Ritta e Maria Cavaco Silva tiveram "público e formal agradecimento por quanto dedicaram das suas vidas a Portugal e que Portugal nunca esquecerá", disse Marcelo

O Presidente da República condecorou esta quinta-feira à tarde, no Palácio de Belém, em Lisboa, as antigas primeiras damas, Maria José Ritta e Maria Cavaco Silva, mulheres dos ex-presidentes Jorge Sampaio e Cavaco Silva, pelo "papel nacional e internacional assumido" pelas duas ao longo dos dez anos que exerceram aquela função protocolar e social em Belém.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, uma e outra fizeram-no "com um sentido de serviço e eficiência", "cá dentro", "junto de um sem número de obras sociais, educativas, culturais" e "lá fora, tornando mais presente o nome de Portugal, em iniciativas oficiais e contactos pessoais, com afinco e total entrega".

Seguindo o exemplo de Sampaio, que condecorou Manuela Eanes e Maria Barroso a 7 de março de 1997 (no final do seu primeiro ano de mandato), também Marcelo notou que "um ano depois de ter iniciado o mandato presidencial" devia esta condecoração a "Maria José Ritta e Maria Cavaco Silva, em público e formal agradecimento por quanto dedicaram das suas vidas a Portugal e que Portugal nunca esquecerá".

As duas foram condecoradas com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique e estavam acompanhadas dos maridos e família mais próxima.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG