Mala abandonada na Baixa de Coimbra obrigou a evacuar Câmara Municipal

Polícia concluiu que objeto não constituía qualquer perigo cerca de três horas depois do alerta. Jardim da Manga e da Câmara de Coimbra chegaram a ser evacuados

O alerta para uma mala abandonada no Jardim da Manga, na Baixa de Coimbra, levou esta quinta-feira a PSP a montar um perímetro de segurança na zona. O alerta surgiu cerca 14:00, o Comando Distrital de Coimbra da PSP enviou uma equipa de inativação de explosivos para o local, que cerca de três horas depois concluiu não haver qualquer perigo.

"A Polícia cumpriu com o protocolo destas situações", disse fonte da PSP à Lusa.

Os Bombeiros Sapadores de Coimbra confirmaram ao DN que também foram chamados ao local, pela PSP, pelas 16:00, sem revelar mais pormenores.

A mala fora abandonada junto ao Jardim da Manga, próximo da Igreja de Santa Cruz, que tem estatuto de Panteão Nacional por nela estarem sepultados os dois primeiros reis de Portugal -- D. Afonso Henriques e D. Sancho I -- e do edifício da Câmara de Coimbra, que devido à proximidade foi igualmente evacuada.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra (CDOS) disse ao DN que estiveram no local duas viaturas dos sapadores, uma viatura dos bombeiros voluntários e uma viatura do INEM. Com Lusa

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG