MAI: Este é o momento para desbloquear a descentralização

Eduardo Cabrita diz que "nunca houve tão boas condições políticas" e insta deputados socialistas para avançarem com o processo até ao verão.

Este é o momento para avançar, enfim, com a descentralização administrativa em Portugal, garantiu o ministro da Administração Interna (MAI), Eduardo Cabrita, esta terça-feira, nas jornadas parlamentares do PS, em Coimbra. "Dificilmente se reunirão melhores condições políticas para desbloquearmos este processo", explicou o governante, instando os deputados socialistas a legislarem sobre a matéria até ao fim da sessão legislativa, em julho.

"2018 é um ano sem eleições, é um ano para nos concentrarmos neste tema. Temos a circunstância de ter um primeiro-ministro totalmente empenhado neste processo e na liderança do maior partido da oposição o antigo presidente da Câmara Municipal do Porto [Rui Rio], que também tem dito muitas vezes que percebeu - nessa sua experiência - quanto a descentralização era uma prioridade", apontou Eduardo Cabrita, lembrando ainda que com "autarcas em início de mandato" e "uma maioria de autarcas do PS", "nunca houve tão boas condições políticas" para se avançar com a descentralização.

"O grupo parlamentar do PS tem neste semestre, que vai até ao final da sessão legislativa, uma responsabilidade e uma oportunidade históricas. Convosco, com todos, 2018 será o ano da descentralização", referiu o MAI. "Cabe ao grupo parlamentar que apoia o PS, com este otimismo de um quadro político único, que este firme empenho se concretize para aprovarmos um quadro legislativo que estabeleça um mandato para a mudança", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG