Jorge Costa avisa que Bloco não é "o CDS do PS"

Vice-presidente da bancada bloquista fala em "tempo de crescimento" e diz que o caminho da "geringonça" é feito de "negociação e conflito"

O vice-presidente do grupo parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) Jorge Costa recusou este domingo que o partido esteja a "ser levado pelas circunstâncias" políticas e salientou que os tempos que correm são "de crescimento" do partido. O dirigente bloquista apontou para futuro e abriu a porta a novos entendimentos, sem especificar em que moldes, dizendo que o partido deve "discutir com quem pode crescer uma maioria". De caminho, notou que os 10% [de votos] que os bloquistas obtiveram nas últimas legislativas "não serviram para dar ministros a um Governo alheio": "Não somos o CDS do PS."

(Notícia em atualização)

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG