Jerónimo de Sousa reeleito líder do PCP por unanimidade

Secretário-geral do PCP foi votado na primeira reunião do novo Comité Central comunista, que se reuniu na noite de sábado em Almada

Jerónimo de Sousa foi reeleito por unanimidade como secretário-geral do PCP na primeira reunião do novo Comité Central comunista, que se reuniu na noite de sábado em Almada. O líder comunista "entendeu não votar na sua própria candidatura", de acordo com a nota divulgada à comunicação social.

Nas informações prestadas pelo PCP, o Comité Central do partido elegeu também a Comissão Política (eleita por unanimidade), o Secretariado do Comité Central (eleito com uma abstenção) e a Comissão Central de Controlo (também eleita por unanimidade).

Na Comissão Política, Gonçalo Oliveira e José Capucho são as duas novidades, enquanto que no Secretariado Paulo Raimundo e Rui Braga são os novos membros. Já Albano Nunes, que deixou o Comité Central (e o seu Secretariado), passou para a Comissão Central de Controlo. Também Manuela Bernardino deixou o Comité Central para esta Comissão.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.