PSD prepara-se para apoiar moção de censura do CDS

O grupo parlamentar social-democrata reúne amanhã para decidir o sentido de voto da moção de censura ao Governo anunciada pelo CDS.

"Não será surpresa que o PSD não esteja disponível para mostrar qualquer boa vontade para com o Governo", disse esta terça-feira o vice-presidente da bancada social-democrata José Matos Correia.

Sobre a tragédia dos incêndios, que já contabiliza 41 mortos, o deputado acusou o Governo de "violação das suas responsabilidades fundamentais" e de "falhanço absoluto das suas funções". José Matos Correia disse que pela "passividade e incompetência" o Governo "ajudou a que estas tragédias ocorressem".

José Matos Correia deu a entender que o apoio à moção de censura do CDS estará garantido por parte do PSD e justificou o motivo pelo qual o seu partido não avançou com uma iniciativa idêntica: "Não está no ADN do PSD".

Lembrou ainda que o PSD reapresentou uma proposta de lei para que sejam pagas de forma mais célere as indemnizações às vítimas dos incêndios.

Ler mais

Exclusivos