Morreu o ex-ministro e deputado socialista José Lello

Engenheiro de formação, nasceu em 18 de maio de 1944. Além de político, foi também gestor de empresas

O ex-deputado e governante socialista José Lello morreu esta sexta-feira, aos 72 anos. José Lello estava internado desde domingo numa unidade hospitalar do Porto. Morreu vítima de cancro.

José Lello foi secretário de Estado das Comunidades Portuguesas e ministro da Juventude e Desporto nos governos de António Guterres, além de deputado eleito pelo PS em todas as legislaturas desde 1983, tendo mesmo chegado a presidir ao conselho de administração da Assembleia da República.

Uma das suas áreas de especialidade foi a da Defesa e no PS apoiou as candidaturas (fracassadas) de Jaime Gama à liderança do PS (primeiro contra Vitor Constâncio e depois contra Jorge Sampaio). Entre 2007 e 2008 foi presidente da Assembleia Parlamentar da NATO. Nas últimas eleições já não foi candidato a deputado (costumava ser eleito pelo círculo do Porto).

Conhecido pelo seu bom humor, escreveu durante anos no Expresso, pelo Natal, uma coluna onde revelava com ironia as prendas que ofereceria a vários políticos no ativo. Foi apoiante desde a primeira hora da ascensão de José Sócrates à liderança do PS, em 2004.

Manteve-se como um dos seus mais leais apoiantes, mesmo depois de Sócrates ter deixado a liderança do PS e quando esteve preso preventivamente, no âmbito da "Operação Marquês". Depois da libertação de Sócrates, Lello manteve-se sempre no núcleo restrito dos amigos que nunca o abandonaram.

Engenheiro de formação, nasceu em 18 de maio de 1944. Além de político, foi também gestor de empresas.

Ler mais

Exclusivos