Governo propõe almirante Silva Ribeiro para o topo da hierarquia militar

Almirante António Silva Ribeiro

Anterior CEMGFA irá reformar-se no dia 28 de fevereiro

A decisão de propor o nome do almirante Silva Ribeiro para chefe do Estado Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) foi aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros.

Silva Ribeiro substitui o general Pina Monteiro (Exército) a partir de 1 de março, por este atingir o limite de idade e passar à reforma.

O almirante foi nomeado para chefe do Estado-Maior da Marinha no final de 2016.

Cabe agora ao Presidente da República nomear Silva Ribeiro para o cargo.

Silva Ribeiro é o mais novo dos atuais três chefes dos ramos, mas a sua escolha - por ser da Marinha - estava anunciada desde que o Governo decidira reconduzir o general Pina Monteiro como CEMGFA há pouco mais de um ano.

A decisão foi tomada cerca de uma semana após o ministro da Defesa ter ouvido os sete vice-almirantes no ativo para escolher o sucessor de Silva Ribeiro como comandante da Marinha, onde o nome apontado como futuro chefe do ramo é o do atual vice-chefe, Mendes Calado.

Tanto Silva Ribeiro como Mendes Calado (artilheiro e que comandou a fragata Corte Real), a confirmar-se a nomeação deste vice-almirante pelo Chefe do Estado e Comandante Supremo das Forças Armadas, tomarão posse a 1 de março.

Brand Story

Mais popular

  • no dn.pt
  • Portugal
Pub
Pub