Há outro processo que investiga viagens ao Euro pagas a deputados e autarcas

Investigação autónoma ao caso GalpGate a correr no Departamento de Investigação e Ação Penal

Os pagamentos de viagens de deputados e autarcas para assistir a jogos do Euro2016 estão a ser investigadas num processo autónomo ao GalpGate no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP).

A notícia é esta noite de quarta-feira avançada pela SIC, segundo a qual em causa estão deslocações oferecidas pela agência Cosmos, propriedade da Olivedesportos de Joaquim Oliveira.

Este processo, ainda segundo o canal de Carnaxide, está numa fase mais atrasada do que aquele que ficou conhecida como GalpGate. que investiga viagens pagas pela petrolífera Galp a governantes e que levou este fim de semana à queda de três secretários de Estado.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG