Fuga do aeroporto. CDS acusa ministra de ocultar inquérito

A ministra da Administração Interna não disse aos deputados que um dos imigrantes que fugiu fora autorizado pelo SEF a sair para fumar

O grupo parlamentar do CDS confrontou esta tarde a ministra da Administração Interna com o facto de ter ocultado aos deputados o caso, hoje revelado pelo DN, sobre um argelino ter fugido do aeroporto e entrado ilegalmente no país, depois de ter sido autorizado por um funcionário do SEF a ir fumar. Constança Urbano de Sousa esteve esta quarta-feira na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos Liberdades de Garantias, numa audição à porta fechada, sobre as medidas para reforçar a segurança do aeroporto. A presença da governante tinha sido requerida pelo PSD, na sequências das notícias que davam conta que, em quatro meses (junho a setembro) tinham escapado daquela infraestrutura e entrado ilegalmente em Portugal quatro cidadãos magrebinos (dois marroquinos e dois argelinos).

No texto que introduz as quatro perguntas que fazem à Ministra, os deputados Nuno Magalhães, Telmo Correia e Vânia Dias da Silva dizem que "ficaram a saber" do caso do argelino pela imprensa e sublinham que "no decurso da audição, a Sra. Ministra da Administração Interna omitiu totalmente esta informação". Lembram que os factos "terão sido consignados numa informação oficial do comandante da Direção de Segurança Aeroportuária da PSP, ou seja, são forçosamente do conhecimento da Sra. Ministra".

Tendo em conta esta ocultação, colocam quatro perguntas a Constança Urbano de Sousa: se "teve conhecimento do relatório desta ocorrência?"; se "considera, ou não, que se trata de matéria suficientemente importante para ter sido comunicada aos deputados durante a audição de 19 de outubro, numa parte especificamente dedicada a este incidente e realizada à porta fechada"?; "Na positiva, qual a razão pela qual não deu conta destes factos aos deputados que a ouviam"?; e por último se "já foi encontrado o imigrante ilegal em questão"?.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG