Freitas denuncia 'jobs for the boys' nas fundações

Ex-ministro de José Sócrates responsabiliza actual Governo por falta de transparência das fundações, pois ainda não criou uma lei-quadro. Especialista em direito administrativo lamenta também que estas sejam uma plataforma para o "clientelismo".

O DN revela ainda o caso da fundação que é reconhecida há 29 anos e até integra a lista das entidades para que pode ser 'doada' parte do IRS. No entanto, o património da Fundação António Sardinha está degradado, e nenhum dos fins para os quais foi constituída está, realmente, em prática.

Ou seja, a fundação nunca saiu do papel.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG