Forças Armadas promovem "até 5383 militares" este ano

Promoções autorizadas esta semana vão ter custo estimado de 5,7 milhões de euros, já previstos no orçamento de Estado.

As Forças Armadas vão poder promover este ano "até 5383" militares, mais de metade dos quais na categoria de praças, soube esta sexta-feira o DN.

A autorização do Governo foi dada quarta-feira e abrange 2999 praças, 1320 sargentos e 987 oficiais, sendo o montante das promoções estimado em 5,7 milhões de euros, referiram fontes do Ministério da Defesa.

Note-se que as promoções nas Forças Armadas, a exemplo dos anos anteriores, não implicam aumento de despesa e já estavam previstas no orçamento de Estado, sendo consideradas indispensáveis para o regular funcionamento da instituição militar.

Isso mesmo foi referido há dias pela Associação Nacional de Sargentos, ao voltar a insurgir-se contra a quase total ausência de promoções - houve apenas para oficiais generais, afirmou essa estrutura socio-profissional - e o respetivo impacto negativo numa organização hierarquizada como a das Forças Armadas.

Quanto aos efeitos futuros destas promoções, o despacho conjunto dos ministros das Finanças e da Defesa publicado quinta-feira indica que "a sustentabilidade" dessa despesa será "assegurada pela compensação integral através da redução estrutural e permanente dos encargos com pessoal".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG