Fernando Lima anuncia recandidatura ao Grande Oriente Lusitano

Atual Grão-Mestre enviou comunicação aos membros do GOL, dizendo estar disponível para se apresentar às eleição, que decorrerão entre os dias 3 e 4 de junho

O atual Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, a maior obediência maçónica em Portugal, já anunciou a intenção de recandidatar-se a mais um mandato, juntando-se assim a Adelino Maltez e a Madeira de Castro na corrida eleitoral. Numa comunicação enviada aos "irmãos" do GOL, assinada pelo próprio Lima e por António Ventura e Carlos Vasconcelos, Fernando Lima anuncia a sua "disponibilidade" para avançar, sendo que só apresentará formalmente a candidatura aquando da abertura do processo eleitoral.

"Vimos, por este meio, anunciar-te essa disponibilidade que, quando se formalizar, será a afirmação de uma disponibilidade, de uma vontade, de um compromisso e de um sonho", começa por referir a comunicação de Fernando Lima, acrescentando que a sua candidatura pretende ser "a favor de todos e não contra ninguém, conscientes como estamos do papel reservado ao Grão-Mestre, coadjuvado pelos seus Adjuntos, enquanto garante da fraternidade, enquanto pólo aglutinador e enquanto centro de união".

Após esta manifestação de vontade, a candidatura de Fernando Lima declarou ainda que, agora, "no respeito rigoroso das nossas leis", vai remeter-se "ao silêncio, estabelecendo o contacto com o povo maçónico no tempo e pelo modo regulamentares"

Fernando Lima lidera o GOL desde 2011. Em 2014 foi reeleito, com cerca de 60% dos votos. Venceu o economista Daniel Madeira de Castro, da loja Acácia, e o historiador Francisco Carromeu, da loja Madrugada.

Exclusivos