Descer preço de cesarianas para realizar mais partos normais no privado

Taxa nos hospitais privados ronda os 65%. No Serviço Nacional de Saúde incentivos e informação melhoraram resultados.

Portugal reduziu a taxa de cesarianas de 36% para 33%. Uma descida conseguida à custa do SNS, já que nos hospitais privados a taxa de cesarianas ronda os 65%. Valores elevados que levaram a Comissão Nacional para a Redução da Taxa de Cesarianas a recomendar que os preços pagos pelas cesarianas desçam para incentivar os hospitais privados a recorrer mais ao parto natural, já que uma operação se tornaria menos rentável. Apesar da melhoria, Portugal tem ainda uma das piores taxas da Europa, só ultrapassada pela Turquia (46%) e Itália (38%).

Para o presidente da comissão, Diogo Ayres-Campos, existem dois tipos de medidas que podem levar à redução dos números nos privados e foi essa a sugestão que deixou ao governo. "A divulgação dos benefícios do parto normal e incentivos financeiros, que poderiam passar pela aproximação do preço das cesarianas ao do parto normal, para o tornar mais atrativo", referiu durante a apresentação dos dados nacionais.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG