Costa quer "reforçar" estabilidade da maioria de esquerda

O líder do PS chegou ao congresso do partido, na FIL do Parque das Nações, em Lisboa, pelas 20.30 e já votou na eleição do presidente do PS, cujo candidato único é Carlos César

À entrada, António Costa afirmou-se "totalmente comprometido" com o objetivo de "reforçar esta maioria", dando-lhe ainda mais estabilidade.

A "solução governativa tem provado bem", disse o secretário-geral do PS, referindo-se aos acordos que dão sustentação parlamentar maioritária ao governo do seu partido.

"Muitos que a recearam já perceberam que não têm motivos para a recear", acrescentou Costa. "A maioria assegura estabilidade" e "há bons motivos para ter confiança", afirmou. Acrescentando: "Temos razões para estar reconfortados."

António Costa foi ainda questionado sobre o desafio de Passos Coelho para um entendimento futuro sobre a sustentabilidade da Segurança Social mas já não respondeu.