Convocados para centro de emprego batem com nariz na porta

Executivo deu tolerância de ponto à função pública

Os desempregados convocados para se apresentarem ontem dia 26, nos centros de emprego bateram com o nariz na porta, uma vez que estes se encontravam encerrados devido à tolerância de ponto concedida pelo Governo, avança hoje o Jornal de Notícias. O Instituto de Emprego e Formação Profissional garantiu a este diário que ninguém será prejudicado.

Fonte oficial do organismo disse que as convocatórias serão anuladas e será emitida nova convocatória. Explicou ainda que estas são emitidas com muita antecedência e que pode acontecer serem agendadas para dias em que depois venha a ser dada a tolerância de ponto, como foi o caso.

Desempregados que se depararam com as portas dos centros de emprego fechadas manifestaram-se frustrados e indignados com a falta de aviso: se a situação fosse inversa seriam multados com um corte no subsídio.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.