Bebé que caiu de segundo andar continua com prognóstico reservado

A situação clínica do menino, que deu entrada no hospital em estado grave, "continua a inspirar cuidados" e o prognóstico é "reservado"

O bebé de um ano e meio que hoje caiu de um segundo andar de um prédio em Lagos mantém-se internado nos cuidados intensivos pediátricos do Hospital de Faro, disse à Lusa fonte hospitalar.

Segundo fonte do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA), a situação clínica do menino, que deu entrada no hospital em estado grave, "continua a inspirar cuidados" e o prognóstico é "reservado".

As circunstâncias em que ocorreu a queda do bebé, de nacionalidade portuguesa mas com pais britânicos residentes em Portugal, estão a ser apuradas pela PSP, que não avançou com pormenores sobre o acidente.

A queda do menino ocorreu durante a manhã e no local estiveram elementos da PSP de Lagos, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e dos Bombeiros de Lagos.

O concelho de Lagos situa-se no distrito de Faro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG