BE divulga cartaz com imagem de Jesus para celebrar 'adoção gay'

Bloco de Esquerda lança cartaz com a frase "Jesus também tinha 2 pais" para assinalar aprovação de lei que permite adoção por casais do mesmo sexo. Dirigente do BE diz que intenção não é polémica

"Jesus também tinha 2 pais" - é esta a frase que acompanha uma imagem de Jesus Cristo no mais recente cartaz do Bloco de Esquerda (BE) no quadro de uma campanha para assinalar a aprovação da lei que permite a adoção por casais do mesmo sexo.

Em conjunto com este cartaz, o BE vai também colocar outdoors com a expressão Igualdade, acompanhada da representação gráfica dos diferentes tipos de famílias. Quer os outdoors quer os cartazes integram ainda a frase "10.02.2016 Parlamento termina discriminação na lei da adoção".

Para a deputada do BE Sandra Cunha não existe qualquer intenção "polémica" nem desejo de "afrontar a Igreja" com a associação da imagem de Jesus à questão da adoção por pessoas do mesmo sexo. "O objetivo é trazer visibilidade a este tipo de famílias e a este tipo de realidades", afirma ao DN Sandra Cunha, que integra a subcomissão para a Igualdade e Não Discriminação da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias da Assembleia da República.

A deputada bloquista refere que têm decorrido "várias campanhas a nível internacional com a mesma imagem e a mesma frase".

Recorde-se que o BE, PEV, PAN e socialistas apresentaram projetos a permitirem a adoção por casais do mesmo sexo que, numa primeira votação, conseguiram 137 votos à esquerda, além do voto de 19 deputados do PSD, entre eles Teresa Leal Coelho e Paula Teixeira da Cruz. Este primeiro diploma foi vetado pelo presidente Cavaco Silva, tendo regressado ao Parlamento para a votação de 10 de fevereiro, onde foi aprovado com o mesmo número de votos à esquerda, a que se somaram de novo os mesmos 19 deputados do PSD. Cavaco Silva teve então de promulgar o diploma.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG