Antigos alunos elogiam direção do Colégio Militar

Associação reage à demissão do chefe do Exército e ao caso das declarações do subdiretor do colégio sobre homossexualidade

É lamentando a saída do chefe de Estado-Maior do Exército, general Carlos Jerónimo, e com palavras de louvor à direção do Colégio Militar que a Direção da Associação dos Antigos Alunos daquele estabelecimento de ensino (AAACM) reagiu esta sexta-feira ao caso gerado com a entrevista do subdiretor daquela instituição, relativamente aos homossexuais.

"Não pode a direção da AAACM deixar de sublinhar os relevantes serviços prestados pelo General Carlos Jerónimo, merecendo um especial destaque a forma altamente meritória como tutelou o Colégio Militar", escreve a associação em comunicado. "Será igualmente pertinente, e também de inteira justiça, expressar uma palavra de louvor à direção do Colégio Militar pela forma empenhada, participada e realista que tem manifestado na procura das soluções e respostas para os múltiplos desafios que se colocaram ao Colégio Militar no passado recente", acrescenta.

A associação realça "a reflexão promovida e a cuidada implementação de ações no sentido de contrariar eventuais preconceitos" da atual direção do colégio que tem, afirma, promovido "soluções de integração na família colegial, como bem o demonstram os Projetos de Pedagogia Inclusiva entretanto desenvolvidos".

Considera assim a AAACM que está a haver um "esdrúxulo aproveitamento de uma certa comunicação social, que - estranhamente - parece esquecer que, face à especificidade do ambiente formativo, se exige especial atenção na gestão do tema dos afetos".

A AAACM conclui dizendo que o Colégio Militar "é e continuará a ser uma escola de valores que promove a união, no respeito pela diversidade e identidade de cada um".

Leia aqui o comunicado na íntegra

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG