Santos Silva vai abrir parlamento nas celebrações da implantação da República

Na quarta-feira à tarde, quem visitar o parlamento poderá ver o original da Constituição de 1911, da I República, assim como as propostas que nesse período da história nacional foram apresentadas para o busto da República.

O presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, anunciou esta terça-feira que o parlamento vai passar a abrir as suas portas aos cidadãos nos feriados de 5 de outubro para as comemorações da revolução republicana de 1910.

Numa mensagem vídeo, Augusto Santos Silva afirma que já nesta quarta-feira, para assinalar a celebração da República, o parlamento vai estar de portas abertas entre as 15:00 e as 18:00.

"É a primeira vez que isto sucede, mas não será a última, porque são muito importantes estes momentos de abertura do edifício do parlamento a quem quiser visitar esta que é a sua casa", declara o presidente da Assembleia da República.

Na quarta-feira à tarde, quem visitar o parlamento poderá ver o original da Constituição de 1911, da I República, assim como as propostas que nesse período da história nacional foram apresentadas para o busto da República.

"E poderão aproveitar e ver a exposição comemorativa dos 200 anos da nossa primeira Constituição" liberal de 1822, acrescenta Augusto Santos Silva na sua mensagem.

Após a instauração da I República, no lugar onde antes estava colocada uma estátua do rei D. Carlos I, passou a estar, em 1911, um busto da República, da autoria do escultor João da Silva.

O busto foi substituído em 1916 por uma estátua da República de corpo inteiro, de Anjos Teixeira, que ainda hoje se mantém na Sala das Sessões.

As maquetas do concurso aberto na época para a estátua da República do hemiciclo vão estar expostas nos corredores do parlamento.

Também nesta quarta-feira, pelas 18:00, na Sala do Senado da Assembleia da República, uma formação da Orquestra Sinfónica do Algarve dará um concerto, o qual terá entrada livre.

No parlamento está ainda patente uma exposição fotográfica da coleção Joshua Benoliel.

Fotógrafo e jornalista do início do século XX, Joshua Benoliel retratou a realidade nacional nas duas primeiras décadas deste século, e várias das suas fotografias, que constam do arquivo histórico parlamentar, vão estar expostas no átrio principal da Assembleia.

Uma delas, que retrata a proclamação do primeiro Presidente da República, Manuel de Arriaga, na varanda do Palácio de São Bento, em 24 de agosto de 1911, será reproduzida em tela gigante no átrio da varanda do Salão Nobre.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG