Rui Rio renuncia a mandato de deputado do PSD

Rui Rio deixa assim a Assembleia da República e será substituído por António Cunha. Paulo Mota Pinto suspende mandato de deputado por cinco meses.

O ex-presidente do PSD Rui Rio já entregou o pedido de renúncia ao mandato de deputado, enquanto o anterior líder parlamentar Paulo Mota Pinto pediu a suspensão por cinco meses, confirmou fonte da bancada.

As notícias das saídas de Rio e Mota Pinto do parlamento, já aguardadas, foram avançadas pelo jornal Público.

Fonte da bancada social-democrata confirmou à Lusa que os dois pedidos já deram entrada e deverão ser anunciados no primeiro plenário após as férias parlamentares, na quarta-feira.

Rui Rio, eleito pelo círculo do Porto, será substituído por António Cunha, de Penafiel, 15.º da lista, e que já esteve na Assembleia da República na anterior legislatura.

O ex-líder do PSD entre 2018 e julho de 2022 já tinha anunciado que deixaria o parlamento no início de setembro.

Já Paulo Mota Pinto foi líder parlamentar do PSD entre abril e julho deste ano - saiu a pedido do novo presidente do partido, Luís Montenegro -, tendo sido substituído à frente da bancada por Joaquim Miranda Sarmento.

Com o pedido de suspensão de funções de Mota Pinto, que tinha encabeçado a lista do PSD por Leiria, voltará à Assembleia da República João Carlos Barreiras Duarte, que já foi deputado e é irmão de outro antigo parlamentar e ex-secretário-geral do PSD, Feliciano Barreias Duarte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG