Portas reeleito com 85,93% dos votos

Presidente do CDS sucede a si próprio com 85,93% dos votos dos congressistas centristas. Telmo Correia foi eleito para a presidência da mesa do Conselho Nacional. Opositores internos de Portas elegeram 12 em 70 conselheiros.

O presidente da Mesa do Congresso do CDS, Luís Queiró, reeleito este domingo no 25.º Congresso centrista, proclamou Paulo Portas como líder do CDS, reeleito à frente da Comissão Política Nacional, com 85,93% dos votos dos congressistas. "A maior percentagem de todas, dos diversos órgãos", eleitos este domingo, frisou Luís Queiró.

O deputado Telmo Correia foi eleito para a mesa do Conselho Nacional, sucedendo assim a Pires de Lima. O ministro da Economia, que tinha apresentado um discurso de despedida do cargo no primeiro dia do Congresso, foi eleito pela lista de Portas para o Conselho Nacional, mantendo-se assim como conselheiro do partido. A sua lista A elegeu 58 militantes. A lista B, encabeçada por Luís Lagos, próxima de Ribeiro e Castro, elegeu três conselheiros. Por fim, a lista C, de Filipe Anacoreta Correia, elegeu nove conselheiros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG