"Heróis da vida real? Os Portugueses, sem exceção. Um defeito? Ser obstinado "

O famoso questionário respondido pelo Presidente da Associação Nacional de Assembleias Municipais Albino Almeida.

A sua virtude preferida?
A sinceridade.

A qualidade que mais aprecia num homem?
A sinceridade.

A qualidade que mais aprecia numa mulher?
A mesma; a sinceridade.

O que aprecia mais nos seus amigos?
A franqueza.

O seu principal defeito?
Ser obstinado.

A sua ocupação preferida?
Dar aulas.

Qual é a sua ideia de "felicidade perfeita"?
A que vivo com as minhas filhas, em várias circunstâncias da vida!

Um desgosto?
A morte dos pais...

O que é que gostaria de ser?
O que sou: alguém que, aos 60 anos, vem do ensino básico e está ao serviço de uma autarquia por eleição do Povo.

Em que país gostaria de viver?
Portugal, naturalmente.

A cor preferida?
Verde, igual à cor do Sporting.

A flor de que gosta?
Orquídea.

O pássaro que prefere?
Os chamados guarda-rios da terra da minha mãe, em Arco de Baúlhe, na região de Basto, no Minho.

O autor preferido em prosa?
Eça de Queiroz.

Poetas preferidos?
Camões, sempre, e David Mourão Ferreira.

O seu herói da ficção?
Robin Hood.

Heroínas favoritas na ficção?
A heroína de Carol - Cate Blanchett - uma história de amor proibido nos anos 50.

Os heróis da vida real?
Os Portugueses, sem exceção.

As heroínas históricas?
Maria da Fonte.

Os pintores preferidos?
Júlio Pomar.

Compositores preferidos?
Beethoven.

Os seus nomes preferidos?
Os das minhas filhas.

O que detesta acima de tudo?
A desfaçatez...

A personagem histórica que mais despreza?
Salazar.

O feito militar que mais admira?
A Batalha de Aljubarrota e o Desembarque na Normandia.

O dom da natureza que gostaria de ter?
Tenho de agradecer por todos os que tenho.

Como gostaria de morrer?
A dormir.

Estado de espírito atual?
Determinado.

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?
Excessos, como sucede sempre que o exercício do voluntarismo se confunde com exercício imprescindível do voluntariado.

A sua divisa?
Quando deixas de estar ao serviço dos outros, deixas de fazer falta à Humanidade...

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG