Exclusivo Tio Celito em Angola para banho de afetos e consolidar relações bilaterais

Marcelo ganhou a alcunha de Tio Celito na primeira vez em que esteve em Luanda, na tomada de posse de João Lourenço, em 2017. Regressa agora para consolidar a reputação e a normalização luso-angolana.

Marcelo Rebelo de Sousa vai voltar a dar aulas... em Angola. O professor fala aos estudantes da Universidade Agostinho Neto, em Luanda, e da Universidade Mandame Ya Ndemufayo, no Lubango, em encontros onde se espera que faça jus à alcunha de Tio Celito, como afetuosamente ficou conhecido em Angola após a visita de setembro de 2017 para a tomada de posse de João Lourenço. Então, Marcelo tornou-se um herói popular para os angolanos ao distribuir abraços, posar para selfies e não deixar mesmo de tomar um banho de mar na ilha de Luanda.

Algo semelhante se espera que suceda agora, havendo mesmo a expectativa em Luanda de que o nível de adesão popular e interação entre o presidente português e os angolanos supere os níveis de entusiasmo verificados em 2017. Na cerimónia de tomada de posse de João Lourenço, Marcelo foi o único governante estrangeiro que não deixou o público indiferente, tendo sido saudado de forma ruidosa quando foi anunciada a sua presença.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG