Presidente da República concede dois indultos "por razões humanitárias"

O Presidente da República concedeu dois indultos "por razões pessoais e humanitárias", conforme proposta da ministra da Justiça, divulgou o Palácio de Belém.

O presidente da República recebeu esta sexta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, que lhe apresentou a proposta de concessão de indultos "por razões pessoas e humanitárias". Marcelo Rebelo de Sousa concordou e foram concedidos dois indultos.

Segundo uma nota da Presidência, o número de requerentes de indultos tem vindo a decrescer "tendo em conta as alterações ao Código Penal e ao Código da Execução de Penas das Penas e Medidas Privativas da Liberdade, nomeadamente consagrando uma nova forma de cumprimento da pena de prisão não superior a dois anos - a pena de permanência na habitação com vigilância eletrónica -, valorizando e reforçando a reinserção social dos condenados com penas de prisão de curta duração".

No ano passado, Marcelo Rebelo de Sousa tinha concedido cinco indultos, igualmente "por razões pessoais e humanitárias", para três mulheres e dois homens.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG