Livre decide quinta-feira retirada da confiança política a Joacine

Assembleia do partido reúne, "com caráter extraordinário e urgente", na próxima quinta-feira. Deliberação sobre o caso Joacine está na agenda dos trabalhos.

O diferendo que opõe o Livre e a deputada única do partido, Joacine Katar Moreira, poderá ter desfecho já na próxima quinta-feira, data para a qual está agendada a reunião da Assembleia - o "parlamento" do Livre, ao qual cabe a decisão final sobre a retirada da confiança política à parlamentar eleita nas últimas legislativas.

Na agenda dos trabalhos está a "deliberação sobre a Resolução da 42ª Assembleia de retirada de confiança na DURP [Deputada Única Representante de um Partido] decorrente do votado no IX Congresso do LIVRE". Recorde-se que a questão foi discutida na reunião magna do partido, a 18 e 19 de janeiro, mas os congressistas optaram por remeter a decisão para os novos órgãos eleitos nesse fim de semana. A acusação motivou um exaltado discurso de Joacine Katar Moreira, que se disse alvo de uma "perseguição" e acusou o partido de mentir.

A reunião da Assembleia chegou a estar prevista para esta segunda-feira, mas segundo fonte do Livre acabou por ser agendada para quinta por "questões processuais". Em cima da mesa vai estar a ratificação da resolução aprovada por este órgão dias antes do congresso e que, na sequência de uma longa lista de acusações à deputada - nomeadamente de desrespeito e deslealdade para com o partido - propõe que Joacine Katar Moreira deixe de representar o Livre na Assembleia da República. Na sequência, a deputada já garantiu que não vai deixar o Parlamento, o que deixará o Livre sem representação parlamentar, com Joacine a passar à condição de deputada não inscrita.

De acordo com a agenda de trabalhos, a maioria dos membros da Assembleia subscreveu um requerimento a solicitar ao Conselho de Jurisdição do partido um parecer sobre o caráter reservado da reunião. "No caso de parecer favorável, o caráter reservado será votado no inicio da reunião pelos membros da Assembleia", refere ainda a convocatória.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG