Montijo: Costa diz que haverá "gigantesco problema" se estudo de impacto ambiental chumbar

António Costa escolheu como tema de intervenção o Programa Nacional de Investimentos 2030. Mas a crise social-democrata marcará a sessão desta sexta-feira de manhã. Siga em direto.

No primeiro debate quinzenal deste ano, na Assembleia da República, o primeiro-ministro, António Costa, escolheu falar do Programa Nacional de Investimentos 2030, para abrir o debate. Mas as atenções estarão concentradas no PSD, que vive mergulhado numa crise de liderança. Horas depois do debate, o antigo líder parlamentar social-democrata Luís Montenegro vai desafiar o presidente do partido, Rui Rio.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.