10 de Junho. Quem irá o Presidente condecorar

As celebrações do Dia de Portugal já começaram em Portalegre, seguindo depois para Cabo Verde. Saiba quem serão os condecorados do Presidente da República

O Presidente da República irá hoje condecorar, no âmbito das comemorações do 10 de junho, em Portalegre, as quatro Forças Nacionais Destacadas (FND) para a República Centro-Africana (RCA) em missão ao serviço das Nações Unidas. "O Presidente da República irá impor quatro medalhas de ouro de serviços distintos, nos respetivos estandartes nacionais das primeiras quatro FND na República Centro-Africana em missão de estabilização multidimensional integrada das Nações Unidas (MINUSCA)", refere uma nota enviada à agência Lusa por Belém.

O Presidente irá também condecorar o bispo emérito do Funchal, D. António Carrilho, com o grau de grande-oficial da Ordem do Infante D.Henrique .

Depois das celebrações na capital do Alto Alentejo, o PR voará para Cabo Verde, prevendo-se aí as seguintes condecorações:

Luís Morazzo (a título póstumo, com a comenda da Ordem do Infante D. Henrique) - Nasceu no Mindelo em 1927 e foi pioneiro caminho da formação, ensino e desenvolvimento das profissões ligadas à eletrónica e telecomunicações em Portugal, no início dos anos cinquenta do século passado. Coronel da Força Aérea, engenheiro de formação.

José Baptista de Sousa (a título póstumo, comendador da Ordem do Mérito) - Português e cirurgião do Exército, com o posto de coronel, marcou profundamente com a sua ação a sociedade cabo-verdiana. O hospital da ilha de S. Vicente tem o seu nome.

Custódio Ferreira de Campos (comendador da Ordem do Infante D. Henrique) - Padre, é um dos portugueses que há mais décadas reside em Cabo Verde, sendo muito estimado pelo seu trabalho de assistência aos mais desfavorecidos.

Germano de Almeida - Escritor cabo-verdiano.

João Branco - encenador português, fundador do Grupo de Teatro do Centro Cultural Português e do Festival Internacional de Teatro Mindelact

Exclusivos