EL Mundo diz que Marcelo ajuda Juan Carlos a vir para Cascais. "É um disparate", afirma o PR

Presidente da República comentou a notícia deste domingo do jornal espanhol, dando conta de que existiria um plano que o envolveria para trazer o rei emérito para Portugal até ao fim do ano.

Marcelo Rebelo de Sousa comentou esta tarde a notícia do jornal espanhol El Mundo, publicada neste domingo, segundo a qual existiria um plano para trazer Juan Carlos para Portugal até ao fim do ano.

De acordo com aquela publicação, a "operação Cascais" envolveria o próprio Presidente da República, bem como a socialite Lili Caneças e o empresário João Manuel Brito e Cunha, e visaria preparar caminho para que o rei emérito espanhol se mudasse para aquela região portuguesa após o verão.

De visita a SIlves, no Algarve, para um encontro com autarcas na região, Marcelo Rebelo de Sousa acabou por resumir a notícia espanhola em três palavras: "É um disparate."

"Qualquer pessoa minimamente inteligente e minimamente sensata perceberia que o Presidente da República portuguesa nunca se poderia envolver, a título mesmo privado, individual, numa questão dessas", afirmou aos jornalistas no local.

Mas para a eventualidade de haver quem sentisse necessidade de explicações concretas, Marcelo acrescentou-as: "Tal suscitaria problemas com sua majestade o rei Felipe VI, meu amigo, suscitaria problemas com a coroa de Espanha., suscitaria problemas com a soberania constitucional do Estado espanhol e suscitaria problemas nas relações fraternais entre os dois povos."

"Não é preciso ser muito inteligente para perceber que a última pessoa de Portugal que poderia intervir nessa matéria é o Presidente da República", reforçou ainda Marcelo. "Porque o Presidente da República tem um papel-chave, tal como o governo, na diplomacia, nas relações entre os estados, no respeito da soberania do Estado espanhol, no relacionamento com o chefe de Estado espanhol, portanto tudo o que fosse envolver-se nisso, qualquer pessoa sensata e inteligente perceberia, seria um disparate."

O paradeiro oficial do rei emérito Juan Carlos continua por esclarecer, mas os últimos dados credíveis apontam para que esteja nos Emirados Árabes Unidos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG